Mais que uma metrópole

5 coisas que você pode encontrar na noite paulistana

De acordo com os renomados jornais internacionais The New York Times e The Guardian, a noite paulistana é considerada uma das mais interessantes da américa latina. E, puxando sardinha para o nosso lado, não seria pretensão dizer que é uma das melhores do mundo! Seria?

Além disso, a cidade possui a melhor Gastronomia do país. Sendo assim, em cada esquina é possível encontrar algum lugar para apreciar uma boa comida, seja ele um ambiente familiar, romântico ou boêmio.

No post de hoje vamos agrupar – ou pelo menos tentar – alguns dos programas que você pode encontrar na grande São Paulo.

 

1 – Baladas

A noite paulistana é diversificada e é possível encontrar no mesmo bairro ou até mesmo no mesmo ambiente, diversas opções de estilos musicais.

Assim como em Nova York, aqui a galera não dorme de jeito nenhum! E não é pra menos, já que a cidade é a mais vibrante do Brasil. Lá tem opções para todos os gostos, o que não dá é pra ficar no sofá. haha

Le Rêve Club

Le Reve

Localizado na esquina entre as Ruas Augusta e Marques de Paranaguá, o a boate Le Rêve Club fica em um casarão tombado como patrimônio histórico, já dando, de cara, um ar de viagem ao passado.

Expressando exatamente o que é a diversidade da noite de São Paulo, o clube é dividio em dois espaços: Na pista principal, os sucessos dos anos 2000 às atuais, e na pista Flash Back retoma-se os mais tocados dos anos 70, 80 e 90!

E pra esse público, que adora lembrar os velhos tempos com estilo, tem  também a The History, localizada na badalada Vila Olímpia. Lá, o foco está 100% nos hits do tempo da brilhantina.

Beco 203

Beco 203

E já que estamos falando de alternatividade, o Beco 203 é referência para os boêmios paulistanos. Além dos shows de artistas nacionais e internacionais, a casa noturna oferece de quarta à sábado, atrações voltadas ao público que curte rock. Com uma atmosfera urbana, o Beco promove, inclusive,  festas em que a música é tocada no fone de ouvido.  

 

2 – Bares

Veloso Bar

veloso-bar

O nome Veloso Bar, é em homenagem ao Boteco outrora frequentado por Vinícios de Morais e Tom Jobim, onde viram Helô Pinheiro em seu “doce balanço a caminho do mar”.

As paredes fazem menção à música e ao futebol do passado, sendo impossível não deixar apaixonado um bom brasileiro (ou não brasileiro. Why not?).

Porção de Coxinhas do Veloso Bar

porcao-de-coxinha-do-veloso-bar

Eleita como a melhor comida entre os bares de São Paulo pelo júri especializado (Folha de São Paulo), o Veloso conta com uma famosa porção de coxinhas, pedida pela esmagadora maioria dos frequentadores. Elas chegam em seis, acompanhadas pela pimenta da casa. E aí é só alegria! Hmmmmmm…

Além do Veloso Bar, tem também o Pitico, considerado o melhor bar para ir com os amigos. Lá, todos ficam, literalmente, na sua praia:

Pitico

Pitico

Nesse curioso ambiente, não tem garçon e os clientes sentam em cadeiras de praia dobráveis (a maioria ao ar livre) em grupos grandes e pequenos. Se houvesse um hanking de bar mais descontraído e desencanado, esse seria o número 1!

3 –  Livrarias

Se os cariocas encontram refúgio nas praias, os paulistanos encontram nas livrarias. Grandes, pequenas, sebos ou comerciais, as livrarias tomam por completo a região central da grande Cidade, ideais para achar um pouco de calma em meio a tanta agitação.

Livraria Zaccara

Libraria Zacarra

Em um aconchegante jardim localizado em Perdizes, a Livraria Zaccara é o ambiente ideal pra quem procura um lugar um pouco mais pessoal.

Aqui, o leitor pode passar horas foleando livros escolhidos a dedo pelo casal Criçula e Lúcio Zaccara, donos do local. Ele grego e ela brasileira, a dupla é única no atendimento aos clientes, cuidando também de um delicioso café dentro da livraria, dando um ar de “estou em casa” ao ambiente.

No piso superior, há uma sala onde são organizados saraus, debates e workshops sobre temas diversificados, que vão de psicologia à jazz. Já queremos ir pra lá!

E pra quem prefere um ambiente um pouco maior e mais comercial, a imensa livraria Cultura, no shopping Iguatemi, conta com uma arquibancada onde os leitores podem se esticar e mergulhar na leitura, com opções de livros a perder de vista:

Livraria Cultura

Livraria Cultura

4 – Restaurantes

Já deu pra perceber que São Paulo tem de tudo, para todos. E não seria diferente com a Gastronomia. É uma infinidade de lugares, de ambientes e de sabores. Fica difícil, inclusive, exemplificar. Mas, vamos lá.

Maní

Mani

Maní foi considerado o melhor restaurante contemporâneo da cidade de São Paulo pela Veja Comer & Beber. Localizado no Jardim Paulistano, atrai muitos admiradores do trabalho dos badalados chefes Helena Rizo e Daniel Redondo e seus pratos produzidos sempre com um toque brasileiro, como moqueca, farofa de castanha do Pará e pamonha de forno.

Na Rua Avanhadava, em Bela Vista, encontra-se o Famiglia Mancini, um ícone da gastronomia italiana na capital paulista:

Famiglia Mancini

Famiglia Mancini

O ambiente simples, tradicional e familiar, com toalhas de mesa quadriculadas, está sempre cheio, pois é o lugar ideal para levar as crianças. Afinal, quem não gosta de uma boa lazanha? E Pizza? E…? Bom,  é melhor a gente continuar, por que já deu água na boca.

5 – Museus e galerias

Por último, mas não menos importantes, a cidade de São Paulo abriga muitos museus e galerias. Quem visita a cidade não pode deixar de visita-los.

Pinoteca

pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo é considerado o museu de arte mais antigo do Estado. Foi fundado em 1905 e tinha apenas 26 obras.

Hoje, o local tem cerca de 9 mil peças que retratam desde produções brasileiras do século XIX até as contemporâneas. O segundo andar abriga o acervo fixo do museu, enquanto o primeiro andar do prádio é reservado para exposições temporárias, que ocorrem periodicamente.

Museu de Arte Moderna

Museu de Arte Moderna

O tradicional Museu de Arte Moderna (MAM), também atrai muitos amantes da arte, reunindo acervos de artistas como Anitta Malfatti, Di Cavalcanti e Pablo Picasso. Além disso, conta com galerias, ateliês, biblioteca, auditório e até uma loja, onde é possível adquirir réplicas das obras.

Museu de Futebol

Museu de Futebol

O esporte mais amado pelos brasileiros tem um cantinho especial no Estádio do Pacaembu: o Museu do Futebol.

Quem visita o local confere curiosidades sobre o futebol, sua história, seus ícones, os narradores e até pode treinar um chute virtual!

O museu é considerado um dos mais tecnológicos e interativos da cidade.

Bom, por hoje é só pessoal! ☺

Até logo!

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>